sábado, 23 de agosto de 2014

TIPOS DE ACORDEON


Diatônicos
 
Os primeiros acordeões diatônicos foram feitos a partir de 1800. Eles tinham uma fila de dez botões na mão direita.
Para cada nota no teclado há duas linguetas pelo menos (e pode ter até dez) colocadas de forma que o som seja diferente para o abrir e fechar do fole. As notas graves e acordes pertinentes são a raiz da escala quando se abre o fole e quando se fecha os mesmos botões representam o quinto grau na escala.
Diatonicos são freqüentemente usados e chamados de "voz trocada". O padrão de nota do teclado é normalmente idêntico à harmônica de boca.

 Bandoneon

O Bandoneon está baseado na Concertina alemã. Com 72 ou mais botões o Bandoneon tem um maior alcance de notas, normalmente até 4½ oitavas, com vários planos diferentes. Pode ser diatônico ou cromático. É especialmente popular na América do Sul onde é executado em orquestras de tango. 

Acordeon Cromático
 
O acordeon cromático foi criado em 1850 por F. Walter, quando ele reorganizou as palhetas de um diatônico. Ele poderia tocar as 46 notas da escala cromática. O Acordeon de Botão Cromático não é nenhum diatônico, e provavelmente tem o maior alcance de notas que qualquer acordeon disponível hoje. O tamanho deles varia desde um acordeon com 20 botões e 12 baixos, até os Acordeons Cromáticos modernos que têm até 6 filas de botões e 160 baixos.
A baixaria é de sistema stradella, baixo solto ou conversível entre os dois, o sistema de baixo solto facilita um alcance global de até 11 oitavas. Isto torna possível executar trabalhos clássicos ou contemporâneos sérios.
O acordeon cromático é usado amplamente na Rússia. Lá é chamado de Bayan, e o Acordeon à Piano é chamado apenas de Acordeon. 




Acordeon Piano 
 
O teclado de piano foi posto em um acordeon, primeiramente por Bouton de Paris em 1852. Daquele tempo até 1900 o acordeon piano não lograva muita atenção ou desenvolvimento, mas de 1910 em frente o acordeon piano entrou em proeminência quase mundial.
Com o desenvolvimento do sistema de baixos Stradella (uma standarização da botonera da baixaria) o acordeon piano se tornou o primeiro acordeon universal verdadeiramente unificado. Isto significa que um acordeonista pode executar qualquer estilo musical em qualquer acordeon sem uma mudança drástica em seu sistema. Isto não tinha sido possível antes, com tantos acordeons de botão diferentes, e com sistemas diferentes.
Acordeons piano normalmente variam de 12 baixos, 20 teclas até 160 baixos, 45 teclas, mas também há desígnios menores e maiores.
O sistema de registros, que muda o timbre do instrumento com um simples toque em um interruptor, deu para o acordeon piano um alcance enorme de notas e sons.
Acordeons piano são essencialmente iguais a um acordeon cromático, com exceção de uma forma diferente para as notas, representadas em Layout de teclado de piano. Por causa de seu sistema de nota universal, a produção de acordeons piano excedeu de longe, qualquer tipo de acordeon de botão de 1920 até hoje.